Levando o pet nas viagens de final de ano

                  Viajar é sempre bom, e quando podemos levar nossos bichinhos conosco ela se torna ainda melhor! Cada vez mais os pets estão fazendo parte das programações com a família e isso trás consigo alguns cuidados que precisam ser tomados para garantir a diversão até o ultimo dia.

                  Se você ainda não tem o costume de levar o seu animal para as viagens ou tem algum receio por conta da adaptação, segue algumas dicas que podem ajudar:

1- Leve consigo todos os itens que já fazem parte da rotina do seu animal como a própria caminha, coberta, brinquedos, potes de água/ ração, tapete higiênico ou jornal etc. O animal se sente mais seguro quando identifica os próprios objetos em outro local e isso facilita a adaptação para os primeiros dias.

2- Escolha um local bem parecido com o da sua casa para nomear como o “banheirinho” dele. Ou seja, se o pet costuma fazer as necessidades no jornal que normalmente fica na área de serviço da sua residência, estabeleça um local bastante semelhante nessa casa de temporada. Para ajudar ele a achar o local você pode colocar um jornal que já tenha um pouquinho de xixi dele e quando ele fizer certo, recompense-o com um petisco bem gostoso.

3- Por ser um ambiente novo, pode ser que no inicio ele tenha receio de ficar sozinho e chore um pouco quando você for sair.  Para evitar destruições, necessidades no lugar errado, uivos e arranhadura nas portas, eu recomendo que você tente restringir o animal no momento de sua ausência e um local seguro. Para isso, monte um ambiente bastante confortável com objetos que ele reconheça (como falei no item 1),  sempre deixando uma distância razoável entre os potes de agua e ração do jornal/tapete higiênico.  Faça um passeio mais longo para que ele fique um pouco cansado e deixe que ele relaxe nesse novo cantinho que você montou. Evite despedidas e chegadas muito calorosas, isso só aumenta a ansiedade.

4- Ao levar ele para passear, não se esqueça de levar saquinhos para recolher as fezes na rua e também uma garrafinha com água para mantê-lo hidratado nos dias mais quentes. Procure fazer passeios nos horários mais frescos do dia e se atente à temperatura do asfalto para evitar queimadura nas patinhas.

5- Tente manter os horários de alimentação e evite dar alimentos que não fazem parte da dieta do pet.  É muito frequente animais apresentarem vômitos ou diarreias em viagens por terem acesso a alimentos perigosos que os tutores acabam fornecendo nesses dias de temporada sem saber que poderiam fazer tão mal.

6- Apenas viaje com seu pet se ele estiver com as vacinas em dia e vermifugado corretamente. Mudanças na rotina podem diminuir a imunidade, portanto estar com ele protegido é essencial para garantir a saúde do seu animal.

                  Se você seguir todas as dicas, provavelmente a viagem será inesquecível para vocês e certamente você voltará com ele mais vezes para ter momentos de muita alegria e brincadeiras.