Cuidados na Alimentação

A forma como alimentamos nossos pets mudou muito nos últimos anos. Antigamente nossos pais e avós costumavam fornecer uma  dieta a base de fubá, carne e arroz. Depois disso a ração seca peletizada tomou conta das prateleiras dos mercados pet`s e também foi aderida pela maioria dos tutores. Hoje em dia, a dieta à base de alimentos naturais voltou a ser muito discutida e também recomendada por vários Médicos Veterinários. Mas afinal, como saber qual é a melhor opção para fornecer ao seu bichinho?

                  Sobre as vantagens da ração seca e alimentação natural, temos que a primeira gera menos trabalho ao tutor justamente por já estar pronta para o consumo, além de ser fácil de se armazenar. O preço geralmente é menor, porém o tutor deve ficar atento em relação a procedência da marca, a qualidade da matéria prima e a categoria do seu animal. Já a segunda, apresenta menos compostos químicos que podem ser prejudiciais à saúde como conservantes e corantes, além de ser mais palatável. Da mesma forma, o tutor também deve ficar atento à procedência da mesma.

                  Infelizmente muitas pessoas que optam pela alimentação natural acreditam é possível dar aos animais as “sobras” dos mesmos alimentos que comem, ou simplesmente cozinham determinados alimentos aleatoriamente e fornecem a eles. Essa dieta desbalanceada pode gerar graves problemas na saúde desses bichinhos que muitas vezes vai aparecer apenas na idade adulta. Por isso, caso opte pela dieta natural, é imprescindível que a mesma seja balanceada por um médico veterinário ou zootecnista.

                  Em relação ao armazenamento da ração seca, muitas pessoas pecam por deixar os sacos abertos em contato com o ar, ou colocam em toneis para venda a granel. Isso faz com que a ração sofra um processo de oxidação, além de expor ela a umidade e pragas. O ideal é manter a ração no saco e sempre depois de fornecer uma quantidade fazer a retirada do ar e lacrar. Sobre a alimentação natural, é importante que o tutor entenda que essa dieta deve permanecer refrigerada durante todo o tempo e, dependendo da quantidade, separar uma boa parte para levar ao freezer.

                  Quando se trata da saúde dos bichinhos todo cuidado é pouco e o alimento que vamos fornecer a eles é extremamente importante para promover a longevidade. Não se esqueça de consultar o Médico Veterinário para saber a quantidade ideal para seu animal e também para escolher a melhor opção de dieta para ele.